Movimento de sócios do Vitória exige assembleia geral e novas eleições

Movimento quer destituição do atual presidente do clube, Paulo Carneiro. Por André Uzeda


Publicado no Metro1

A Frente Vitória Popular, grupo formado por torcedores e sócios do Esporte Clube Vitória, lançou uma campanha exigindo a convocação de duas Assembleias Gerais Extraordiárias (AGE). O intuito é destituir o atual presidente do clube, Paulo Carneiro, e convocar novas eleições diretas para presidente.


O movimento convoca os sócios adimplentes do Rubro-Negro (desde que com mais de 18 meses de vínculo) a assinarem o manifesto. O material coletado será enviado para o presidente do Conselho Deliberativo do clube, Fábio Mota. Em 2019, durante o mandato de Ricardo David, o mesmo expedinte de convocar uma Assembleia Geral Extraordinária foi utilizado, criando as condições necessárias para uma nova eleição.


Em resposta ao movimento que ganha força nas redes, o presidente do Vitória, Paulo Carneiro, usou o site oficial do clube para criticar a iniciativa. No texto, diz "não acreditem Senhores Torcedores, Senhoras Torcedoras, que a solução para o engrandecimento do Esporte Clube Vitória resida nestas tentativas desesperadas de tomada do poder".


E cita ainda o Flamengo como exemplo para justificar manter a atual gestão. "O Flamengo passou cerca de cinco anos se reestruturando, quase falido, mas com um projeto que, atualmente, a todos encanta. Não se permitiu, lá, que as pressões por um resultado em campo destruíssem um futuro. Criticaram muito o seu Presidente à época, protestaram, mas ele não cedeu. E no que resultou a perseverança em um projeto?!?!"

  • Instagram
  • Twitter
  • Facebook