Chega de maltratar a nossa torcida

Qual o sentido em colocar pessoas para agredir torcedores em um momento de descontração após vitória do nosso time?


Semana passada afirmamos: cuidar do Barradão é cuidar da torcida. E quando nos referimos ao Barradão incluímos o seu entorno, em especial a festa que já virou tradição no nosso estacionamento.


Entretanto, ontem a torcida foi surpreendida por um “batalhão” de sujeitos fardados com padrões militares, rostos cobertos, cassetetes e tasers agredindo torcedores dentro do estádio e nos arredores. Vídeos circulam desde ontem expondo cenas lamentáveis.


Sabemos que após relatos de furtos e roubos nos últimos jogos surgiu o questionamento quanto à segurança no estádio e em regiões adjacentes. Porém, o clamor era em DEFESA dos torcedores, mas o que se viu foi violência contra eles. Qual o sentido em colocar pessoas para agredir torcedores em um momento de descontração após vitória do nosso time?


Repudiamos veemente esse tipo de postura, qualquer tipo de violência e os maus-tratos a torcedores do Vitória. Gostaríamos de saber quem contratou esse “batalhão” totalmente despreparado e qual era o objetivo.


É por conta desse tipo de amadorismo e relação violenta com a torcida que afirmamos: o Vitória precisa mudar! Precisamos de uma diretoria que entenda o caráter popular da nossa torcida e apoie as nossas festas dentro e fora dos estádios. Para tanto, tem que ser profissional acima de tudo.

  • Twitter
  • Instagram
  • Facebook